Nadador sul-mato-grossense quer ouro nos 200m borboleta

compartilhe agora

De olho no Mundial, Léo de Deus nada em busca do bi pan-americano.

fonte: globoesporte

A certidão de nascimento de Leonardo de Deus informa: natural de Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Ele e o também nadador Lucas Kanieski são os únicos sul-mato-grossenses na delegação brasileira dos Jogos Pan-Americanos em Toronto. Mas diferentemente do conterrâneo, que nadou até a adolescência nas piscinas do estado, Léo não teve vínculos entre a terra natal e a carreira. Filho de militar, mudou-se com a família para Belém com apenas um ano de idade, e foi nos clubes paraenses que Léo deu as primeiras braçadas em competições, na infância.

– Tenho avós, tios que moram em Campo Grande, mas devido à rotina agitada de atleta eu não tive tempo para visitar nos últimos anos. Fui a Campo Grande uma vez só, quando era adolescente, tinha 15 anos – relembra Léo, por telefone ao GloboEsporte.com.

Na adolescência, Léo trocou Belém por Brasília, para continuar a desenvolver suas técnicas e integrar pela primeira vez a seleção brasileira juvenil, em 2006. Depois passou por Belo Horizonte e finalmente estabeleceu-se em São Paulo, em 2010, onde Léo se consolidou como um dos nadadores de elite do país. Nesse período, obteve ouro pan-americano em Guadalajara nos 200m borboleta, prata no revezamento 4x200m livre e o índice olímpico para os Jogos de Londres-2012, chegando às semifinais nos 200m costa.

Aos 24 anos e defendendo o Brasil pela segunda vez em Pan-Americanos, Leonardo de Deus competirá em quatro provas em Toronto: 200m borboleta, 200m costas, 400m livre e revezamento 4x200m livre, de terça a sexta-feira. O nadador do Corinthians diz estar se sentindo tranquilo para encarar o desafio no Canadá e ressalta que quer conquistar o bicampeonato pan-americano na prova que é sua especialidade.

– Logo depois do Pan vou disputar o mundial de natação em Kazan, na Rússia. É minha prioridade, mas claro que vou defender meu título pan-americano e buscar o bi. Me sinto bem preparado e com condições de nadar muito bem em Toronto. Sei que buscar o ouro não vai ser fácil, mas estou tranquilo e sei que tenho plenas condições de fazer isso – disse.

compartilhe agora

Comments

comments