Os dez maiores jogadores da atualidade na NBA

compartilhe agora

1. LeBron James – Los Angeles Lakers

Quem mais poderia ocupar o topo além de King James? LeBron, ex-Cleveland Cavaliers, deixou a NBA de cabeça para baixo, quando foi para o Los Angeles Lakers, um time cheio de jovens.  Depois da transferência, o jogador se tornou o mais bem pago da NBA, com o salário de 35,65 milhões de dólares.

2. Kevin Durant – Golden State Warriors

Durant é o melhor jogador de um dos melhores times da história da NBA. Seria injusto dizer que ele é o melhor jogador entre os ‘comuns’. Afinal de contas, ele não é nada comum. Poucos outros atletas em todos os tempos da liga tiveram a mesma habilidade de Durant para pontuar, tendo feito uma média de 27,2 na carreira e 28,8 na temporada 2018-2019 da NBA.

3. Anthony Davis – New Orleans Pelicans

Poucos jogadores são versáteis e completos como Davis. Mesmo com 2,11m de altura, o pivô dos Pelicans se move pela quadra, ataca a cesta e mata arremessos de longa distância, sendo o dono do garrafão em New Orlenas.  Ele tem, em média, 4,7 de assistência na temporada 2018-2019, e na carreira tem média de 2,0.

4. James Harden – Houston Rockets

Um jogador MVP (Jogador Mais Valioso), recebendo do Rockets e um salário de 28,3 milhões de dólares. Depois de duas grandes temporadas brigando pelo prêmio, Harden finalmente foi o escolhido. Ele e Chris Paul funcionaram mesmo com as dúvidas que cercavam os Rockets e fizeram o time perder apenas uma vez para os Warriors nas finais do Oeste em sete jogos – e com Paul fora de ação por lesão na ocasião, mas fez, durante sua carreira inteira, em média 6,1 assistências a seus companheiros.

5. Stephen Curry – Golden State Warriors

O melhor arremessador de todos os tempos? Muitos já aceitaram a ideia de que nenhum outro jogador na história da liga teve a mesma habilidade de Curry para arremessos de longa distância. Duas vezes MVP da temporada regular, o único ‘vazio’ na carreira do camisa 30 segue sendo o mesmo: ele nunca foi eleito o melhor jogador de uma série final, mas tem uma média de arremessos durante a carreira de 47,8.

6. Russell Westbrook – Oklahoma City Thunder

Existem pouquíssimas coisas na NBA que só foram alcançadas por um jogador. Ter média de triplo-duplo em duas temporadas regulares é uma delas – só Westbrook conseguiu. Seja com ajuda ou não dos companheiros de Thunder, o armador é a cara de uma franquia e uma cidade que parece nem se lembrar mais da ‘traição’ de Kevin Durant. Ele está brilhando com uma média de 20,6 pontos nesta temporada

7. Giannis Antetokounmpo – Milwaukee Bucks

“The Greek Freak”, como é chamado, é um jovem talento da NBA. Ele é um basquetebolista profissional grego que atualmente joga pelo Milwaukee Bucks, mas antes de ser draftado, em 2013, Giannis jogou pelo Filathlitikos na Grécia. Nesta temporada fez uma média de 59,0 arremessos.

 8. Kawhi Leonard – Toronto Raptors

Quando está saudável, Kawhi Leonard é um dos cinco melhores da NBA, sem nenhuma dúvida sobre isso. A oitava posição é de respeito para quem ficou praticamente o ano passado inteiro sem jogar (9 partidas). Ninguém consegue fazer a diferença dos dois lados da quadra como Kawhi. E agora ele terá uma cidade para chamar de sua em Toronto. Ele ainda tem apenas 27 anos e pode ver seus números explodirem sem as “poupadas” de Gregg Popovich, com média de 38,5 cestas de 3 pontos.

9. Kyrie Irving – Boston Celtics

Kyrie Irving já foi 5 vezes All-Star, uma vez campeão da NBA, MVP do All-Star Game e calouro do ano. Tudo isso aos 26 anos de idade. O auge do armador ainda está por vir. E mesmo com seu primeiro ano de Boston Celtics sendo interrompido por uma cirurgia no joelho, Kyrie ainda é um dos maiores talentos da Liga e se ele e Gordon Hayward se mantiverem saudáveis, os Celtics têm tudo para dominar o Leste agora sem LeBron, pois ele tem uma média de rebotes,4,8, na temporada.

10. Damian Lillard – Portland Trail Blazers

Ele provavelmente é o jogador mais subvalorizado da NBA, mesmo com alguns discordando, mas, para não ser injusto, teve uma média de 39,8 bolas de 3 pontos convertidas. Damian Lillard conduziu times bem medianos dos Blazers aos playoffs no competitivo Oeste nos últimos três anos, mesmo após as saídas de LaMarcus Aldridge, Nicolas Batum e cia, todas com pelo menos 25 pontos e 6 assistências. O resto dos fãs e técnicos da Liga talvez não tenha enxergado sua qualidade, já que ele foi esnobado do All-Star Game em dois dos últimos três anos.

Você acha que faltou alguém nesta lista? Não deixe de comentar.

Fonte: Torcedores.com

compartilhe agora

Comments

comments